O Que Eu Achei Do Filme Extraordinário?




Hey pessoas lindas e de bom coração! Hoje eu escolhi resenhar sobre o filme Extraordinário, um best-seller de livro que virou um filme.

Vou confessar que eu não li o livro, mas no filme já entende diversas referencias que podem ser captadas no livro (para quem é amante dos livros como eu, essas entrelinhas são muito perceptiveis)



Extraordinário é uma história sobre Auggie, um garoto que sofre da síndrome de Treacher Collins, uma condição genética muito rara e que afeta principalmente os ossos do rosto, causando deformação.

Auggie, usa um capacete espacial, ele sonha em ir para a lua, quer ser reconhecido pelas pessoas, tem uma mecha de cabelo maior do que a outra e que as pessoas gostem dele da forma como ele é.
Ele se recusa a entrar na escola de imediato, mas Auggie se rende e começa a frequentar a escola, ele é motivo de piadas e acusações devido sua aparência. O que me chamou muita atenção nele, foi sua capacidade de ser melhor do que suas gozações, ele suporta até o ultimo fazendo o tipo: se for para chorar, eu choro em casa. É a demostração de bullying que faz a reflexão de como as crianças são os espelhos dos adultos.



 E extremamente inteligente, pois foi educado em casa até seu quinto ano pela mãe, Isabel. Uma escritora de obras infantis que largou todo o seu trabalho para se dedicar ao filho.



Seu pai, Nate, gosta de assistir Star Wars com o filho, encoraja-o como homem e quer muito que seu filho desenvolva a capacidade social de se relacionar, ainda que ele ache muito cedo.


 Sua irmã, Via, é uma garota tímida, boa ouvinte, mas esquecida pela família, que foca toda a energia em Auggie.



 Sua melhor amiga, que também é parte da família, Miranda, muda totalmente o comportamento, deixando-a de lado, mas mostrando que esta frustada com o rumo que sua mãe, recém-divorciada está levando a vida.




 O professor Sr.Browne, que ensina os preceitos de um mundo melhor. Faz com que os alunos se soltem nas aulas, deixando de lado as particularidades e os tratando como um só.



Amizades e intrigas vão e vem nessa narrativa, principalmente por serem crianças, mas apesar de tudo, a amizade é sempre mais forte.



O que eu realmente curti, chorei e me emocionei, foi o fato de terem explorado todos os lados dos personagens como um todo, sem que nenhum deles passe despercebido. Além disso é muito critico a forma de transmitir a mensagem de devemos tratar todos como iguais, respeitando as particularidades de cada um. Um filmão que eu recomento muito. 5 estrelas baby.



Por hoje é só.
Beijo da morena, fui <3


sociais,facebook,fb social instagram,social sociais,tumblr sociais,youtube

Postagens mais visitadas